viagens-pelo-mundo brasil

Ouro Preto: O guia definitivo para conhecer o melhor dessa cidade histórica

Ouro Preto é uma cidade única e que merece ser conhecida por todos. A cidade é Patrimônio cultural da humanidade, berço da inconfidência mineira e ex-capital de Minas Gerais. Com um centro histórico maravilhoso e único, Ouro Preto oferece uma viagem no tempo. É rica (inclusive seu nome original era Vila Rica), não mais tanto em ouro, mas em cultura e belezas arquitetônicas e naturais. A cidade tem inúmeros museus e igrejas que guardam um acervo esplêndido que vão te impressionar e, às vezes, até emocionar. Não faltam motivos para conhecer Ouro Preto.

Ouro Preto é uma cidade muito especial para mim, além de ter nascido lá, a cidade era o destino certo das minhas férias de inverno. Na casa da minha “Vovó Bombom” (a senhorinha mais fofa do mundo, cujo apelido foi dado pois era exatamente com bombons que ela sempre nos recebia), eu passava sempre um mês de muita alegria, repleto de deliciosos quitutes, teatro, dança e carinho. Me lembro como eu, criança, andava naquelas ruas tão únicas, como se tivesse sido transportado para um filme qualquer. Ruas onde a história brasileira aconteceu, e você consegue sentir isso no ar (junto com o mofo). Eu ouvia as histórias sobre Tiradentes, o ciclo do ouro e a escravidão. O que, com a minha imaginação, fazia com que um simples caminhar pelas ruas se tornasse uma aventura. Mais recentemente, resolvemos homenagear a cidade, unindo o meu amor pela cidade com o amor da minha vida, no nosso ensaio fotográfico pré-wedding.

Bem vamos então falar sobre o que fazer em Ouro Preto, as principais atrações e programas da cidade.

Como se locomover

Em Ouro Preto, você vai andar a pé 95% do seu tempo. Andar lá de carro é muito difícil e não tem onde estacionar. Sendo assim, deixe o carro no hotel, trace seu roteiro e vá bater perna ladeira acima e abaixo. Existem alguns lugares na cidade que você vai precisar ir de carro, por conta da distância, mas não recomendo. Quando necessário, pegue um taxi. Em Ouro Preto não tem taxímetro, o valor é “tabelado”. Ou seja, você negocia antes com o taxista.

Pontos de interesse

Praça Tiradentes

A Praça Tiradentes é o centro e coração de Ouro Preto. Lá está a famosa estátua de Tiradentes, de costas para o Palácio dos Governadores (atual Escola de Minas) e olhando para o local onde estão enterrados seus companheiros (Museu da Inconfidência). Metáforas a parte, a Praça Tiradentes é onde os caminhos de Ouro Preto se cruzam. A partir de lá você vai partir para boa parte das visitas que vou indicar. Mas além disso, ela deve ser saboreada. Pare para tomar um café na praça (na Chocolates Ouro Preto) ou uma cerveja e fique observando a vida passar pela praça. Ouro Preto é uma cidade histórica, e a história não tem pressa. Passe também na loja de cachaças da Milagre de Minas, desguste algumas e leve a sua preferida para casa.

Essa não é do ensaio

Feira de Pedra Sabão e outras lojas

A famosa Feirinha de Pedra Sabão de Ouro Preto é onde se concentram a maior parte dos artesões de pedra sabão da cidade e tem de entrar no seu roteiro de Ouro Preto. Ali na feirinha você vai encontrar de tudo em pedra sabão, panelas, estátuas, porta-copos, jogos de xadrez, imagens sacras e por ai vai. Você tem que levar pelo menos uma lembrancinha de pedra sabão daqui, só toma cuidado para não exagerar e pagar uma fortuna de excesso de peso da bagagem. Negociar aqui é fudamental, pode chorar sem medo no preço que eles estão acostumadose normalmente sempre dão um desconto. Além da feirinha, Ouro Preto tem mais uma infinidade de lojas de artesanato, utensilios para cozinha de madeira (que eu indico muito), pedras e tal. Depois de entrar em algumas lojas você vai começar a perceber que todas tem QUASE as mesmas coisas.

Museus

Museu da Inconfidência

Terça a Domingo das 10:00h às 18:00h Inteira: R$10,00 - Meia: R$5,00 2 horas Site

O Museu da Inconfidência é o principal e mais conhecido museu de Ouro Preto. Não dá para falar que você conhece Ouro Preto se não tiver conhecido esse museu. O seu prédio, que por si só já é algo que merece ser visitado, já foi a Casa da Câmara e a cadeia da cidade.

No museu existem inúmeras obras de arte e objetos históricos que demonstram como era a vida na época do Brasil Império. O museu tem no seu acervo obras de Manuel da Costa Ataíde e Aleijadinho. Outra parte legal do Museu da Inconfidência é o Panteão dos Inconfidentes, onde (spoiler alert) estão os restos mortais dos inconfidentes.

O Museu da Inconfidência fica na praça Tiradentes, em frente ao monumento Joaquim José da Silva Xavier, o mais famoso ativista da Inconfidência.

Museu do Oratório

Segunda a Domingo das 09:30h às 17:30h Inteira: R$5,00 - Meia: R$2,50 1 hora Site

O Museu do Oratório, aparentemente pequeno, é o museu mais charmoso de Ouro Preto, um dos meus favoritos e visita indispensável entre os lugares para conhecer em Ouro Preto.

Como o próprio nome já diz, o Museu do Oratório conta com um acervo de mais de 160 oratórios e 300 imagens, dos séculos XVII ao XX. A variedade é incrível, e você vai se surpreender com a beleza das peças e a criatividade dos artistas, o que faz desse passeio uma experiência inesquecível para todos. Além disso, o Museu do Oratório conta com uma das melhores instalações dos museus de Ouro Preto.

Sua localização é no Adro (área externa, normalmente cercada, de uma igreja) da Igreja do Carmo, aquela que fica ao lado do Museu da Inconfidência.

Museu de Mineralogia

Terça a Domingo das 12:00h às 17:00h Inteira: R$10,00 - Meia: R$5,00 1,5 horas Site

O verdadeiro nome desse museu é Museu de Ciência e Técnica, mas ele é mais conhecido como Museu de Mineralogia. O motivo é que sua maior atração é o setor de mineralogia, uma coleção gigante de minerais de todo o mundo.

Essa coleção começou com algumas amostras do fundador da Escola de Minas, o francês Claude Henri Gorceix. Com o tempo, a coleção foi ganhando mais doações e hoje ela tem uma enorme variedade de minerais expostos. Você verá minerais de todas as cores, tamanhos, formatos e texturas. Tem até uma pedra mole. Já me perdi lá dentro admirando essa variedade de pedras e sugiro que você faça o mesmo.As peças são exposta com uma iluminação que torna tudo ainda mais bonito. Além do setor de mineralogia, existem outros relacionados à siderurgia, física, etc.. Se você estiver com tempo, visite! Se não, conheça só o de mineralogia mesmo.

Esse museu fica dentro da Escola de Minas (que também é uma construção linda, antigo Palácio dos Governadores), que se encontra na praça Tiradentes do lado oposto ao Museu da Inconfidência. (Bom que é tudo pertinho)

Casa dos Contos

Terça a Sábado: 10h às 16h45 - Domingo e Feriados: 10h às 14h45 Inteira: R$5,00 - Meia: R$2,50 1 hora Site

Esse casarão da Rua São José foi construído em 1780 e lá vai bolinha e era a residência do cobrador de impostos da capitania de Minas Gerais. O casarão também serviu para outras coisas, como prisão, recolhimento do quinto, etc. Até que se tornou a sede da Fazenda Federal, que lhe rendeu o nome de Casa dos Contos (que é como os portugueses chamam). A casa hoje é um belo museu que tem acervo fixo e também alguns itinerantes. No fixo, podemos destacar duas exposições. Uma é o Museu da Moeda, que mostra toda a evolução da moeda e notas usadas no Brasil. A segunda e ainda mais interessante é uma senzala que se encontra no subsolo do prédio, incluindo os objetos de tortura e punição utilizados na época. É meio tenso o clima, mas é importante de se conhecer.

Museu do Aleijadinho

Terça a Sábado: 10h às 16h45 - Domingo e Feriados: 10h às 14h45 De acordo com a igreja 30 minutos em cada Site

O Museu do Aleijadinho é um circuito de três museus que ficam localizados em três igrejas: Nossa Senhora da Conceição, São Francisco de Assis e Nossa Senhora das Mercês e Perdões. Sugiro que você visite as duas primeiras e, obviamente, o museu do Aleijadinho delas. Confira mais sobre as igrejas logo abaixo. A entrada é um bilhete único que dá direito a visitar as três igrejas e os seus respectivos museus.

Igrejas

Ouro Preto é a cidade do Brasil mais abundante em belas igrejas. Elas são muitas e lindas! Não dá pra você visitar todas, então vamos para as minhas favoritas para adicionar no seu roteiro em Ouro Preto. Dica: as igrejas costumam passar por longas restaurações. Então quando montar seu roteiro, verifique se alguma que você pretende visitar não está fechada. A igrejas de Ouro Preto tem muita história e muita informação interessante. Sendo assim, sugiro que você contrate um guia para te contar tudo sobre ela. Eles normalmente ficam nas portas das igrejas oferencendo o serviço. Mas tome cuidado com gente desonesta que infelizmente existe, de preferência sempre contrate um guia registrado como esses no link. Na dúvida peça ajuda a quem estiver vendendo as entradas da igreja.

Matriz de Nossa Senhora do Pilar

Terça a Domingo: 10h às 10h45 e 12h às 16h45 Inteira: R$10,00 - Meia: R$5,00 40min com guia Site

Seu nome completo é Basílica Menor de Nossa Senhora do Pilar, mas pode chamar de Igreja do Pilar. A igreja do Pilar é uma das igrejas mais ricas e famosas de Ouro Preto, considerada por muitos como o principal exemplo do Barroco Mineiro. A quantidade de ouro (são mais de 400kg) nas suas paredes, assim como os detalhes das suas peças barrocas, impressionam. Uma curiosidade é a ilusão de ótica do cordeiro de Deus, que se encontra no teto e parece que vai mudando de lugar à medida que você vai andando (mas eu mesmo custo a conseguir ver).

Além da igreja em si, na Matriz de Nossa Senhora do Pilar também existe um Museu de Arte Sacra, que exibe várias peças lindas.

São Francisco de Assis

Terça a Domingo: 08:30h às 12h e 13:30h às 17h Inteira: R$10,00 - Meia: R$5,00 1 hora Site

Essa igreja é uma da mais lindas de Ouro Preto, e é considerada a obra-prima de Antônio Francisco Lisboa. Além dele, mais dois artistas de peso contribuíram para essa construção. Mestre Athaíde pintou o forro da igreja que se assemelha ao céu e Aleijadinho fez o medalhão da fachada e o lavabo da sacristia. Como já disse acima, a igreja também conta com um dos Museus do Aleijadinho.

Ela se localiza bem ao lado da feira de pedra sabão, descendo a esquerda da praça Tiradentes.

Além disso, essa igreja é “famosa” por ter sido usada como um dos locais em que fizemos a nosso ensaio fotográfico <3

Nossa Senhora do Carmo

Terça a Domingo: 08:30h às 11h e 13h às 17h Inteira: R$5,00 - Meia: R$2,50 1 hora Site

Mais uma igreja de arquitetura perfeita em Ouro Preto. O interessante da Nossa Senhora do Carmo é que ela segue o estilo Rococó, que veio depois do Barroco com algumas mudanças. Sua linhas e traços são mais leves e fluidas. Essa visita é uma ótima oportunidade de você perceber as diferenças entre os estilos e depois fazer tipo de conhecedor.

A localização é bem ao lado do Museu da Inconfidência e, como já disse, no seu ardo fica o Museu do Oratório.

Nossa Senhora da Conceição

Terça a Domingo: 08:30h às 11h e 13h às 17h Inteira: R$19,00 - Meia: R$5,00 1 hora Site

Outra parada obrigatória é o Santuário Nossa Senhora da Conceição de Antônio Dias (nossa senhora que nome grande). Nessa igreja se encontram sepultados Manoel Francisco Lisboa (pai do Aleijadinho) e Antônio Francisco Lisboa (o Aleijadinho).

Ela fica a alguns minutos de caminhada (obviamente em ladeiras) descendo a feirinha de pedra sabão, e nela também fica parte do Museu do Aleijadinho.

Day Trips

A partir de Ouro Preto é possível fazer algumas viagens bate e volta para outras cidades. Vamos falar das principais opções do que fazer perto de Ouro Preto.

Viagem de trem para Mariana

Sexta e Sábado: 10h e 14:30h, Domingo: 10h e 16h Inteira: R$40,00 - Meia: R$20,00 5 horas Site

Saindo da estação de Ouro Preto, existe uma Maria Fumaça que vai para Mariana. A viagem é imperdível. Além do charme de andar de Maria Fumaça, a vista do passeio, que dura uma hora, é de encher os olhos. A dica é que no trajeto Ouro Preto - Mariana você vá sentado do lado direito do trem, pois é onde a vista é mais bonita. Outra sugestão é que você vá de trem para Mariana, mas volte de ônibus ou táxi (cerca de R$60,00). Quando estiver em Mariana, não esqueça de visitar a Praça Minas Gerais, que tem uma duas igrejas que disputam sua atenção e prédios públicos que formam o maior conjunto arquitetônico da cidade.

Além de Mariana você também pode ir para:

  • Lavras Novas - 20km
  • Congonhas - 73km
  • Tiradentes - 159km

Onde Comer

Ouro Preto,como boa cidade mineira, tem muita coisa boa demais da conta para comer (e beber né). Vamos a algumas sugestões:

  • Chafariz e Casa do Ouvidor: Ambos os locais fazem comida mineira de primeira qualidade. São boas opções para o almoço.
  • Escada abaixo: Barzinho/Pub super aconchegante, com ótimos drinks e tira-gostos e mesas grandes caso você esteja em grupo.
  • Cervejaria Ouro Pretana: Ela fica mais distante do centro, no Rosário. Mas é o lugar ideal para um happy hour tomando os vários sabores da cerveja local (café, genginbre, ipa,…) todos em tap (chopp).
  • O Passo: O Passo é um restaurante delicioso, que tem como destaque seu cardápio de pizzas. Ele fica em um casarão maravilhoso ao lado da Casa dos Contos. Casarão esse que inclusive minha prima Georgia (que me ajudou nesse post), morou lá com seu pai. Além disso, o casarão tem um lindo jardim, que também usamos no nosso ensaio.

Adega do Passo

Jardim do Passo

Onde Ficar

Como eu só fico na casa de vovó em Ouro Preto, eu nunca me hospedei por lá. Por isso não conheço muitos hotéis. Mas a minha dica é que fique em um hotel no centro histórico, é lá que tudo acontece.E é muito mais prazeroso e um clima muita mais gostoso estar no centro histórico,lá é onde ficam as melhores hospedagens de Ouro Preto.

É isso gente acabou o post

Agradecimentos: Muito obrigado a Geórgia Toffolo que me ajudou a criar essa lista, e minha tia Valéria Toffolo que me ajudou a achar os preços atualizados das atrações.