Brasília

De Bem Com Bsb: conheça as dicas da Chef Mara Alcamim

Mara Alcamim

E para dar dicas de lugares e restaurantes legais em Brasília, convidamos Mara Alcamim, chefe-executiva do Universal Dinner. Se você ainda não conhece o restaurante, que completa 20 anos em 2017, você precisa conhecer! Seja para um brunch, um almoço zécutivo ou um jantarzinho, a casa é ótima e oferece diversas opções de pratos deliciosos. No De Bem Com BsB, ela revela que gosta de comida caipira e que sempre levanta a bandeira do panela candanga para que os frutos e produtos do cerrado sejam descobertos.

Vamos às dicas?

As indicações

Onde ir para…

Café da Manhã

Para café da manhã, Mara indica o próprio Universal Dinner, que oferece brunch aos sábados e que, em breve, oferecerá uma novidade de brunch aos domingos com uma pegada mais nova-iorquina.

Almoço

Mara conta que gosta muito de lugares ao redor de Brasília. Ela destaca o Restaurante do Campos, que fica no Mercado do Núcleo Bandeirante, como o melhor arroz com feijão da cidade. Já na Asa Norte, a dica é o restaurante Silvio’s, que ela considera o melhor PF de Brasília.

O bife à cavalo de lá é MARAVILHOSO - Felipe
Cafeteria

Ela revela que não frequenta muito cafeteria, mas indica o Varanda Pães Artesanais. “Sem dúvida, o melhor pão de Brasília e o melhor croissant”.

Happy Hour

Mara considera a poucas opções na capital quando o assunto é Happy Hour, mas explica que o mais gosta de fazer no comecinho da noite é caminhar no Pontão.

Jantar Romântico

Mais uma vez, o Universal Dinner foi a indicação. Segundo ela, diversos pedidos de casamento já rolaram no restaurante, que considera um ótimo lugar para um jantar a dois.


Está gostando e quer continuar por dentro? Curta a nossa página!

Programinhas em BSB

O que fazer em um sábado de manhã?

Ir ao Ceasa, às 6h, para comprar frutas e verduras fresquinhas e colocar a conversa em dia com o pessoal.

{{quote-him “Isso que é um sábado beeeem de manhã né - Felipe”}}

Aproveitando um dia de semana à noite.

Sair para comer a pizza do Baco. “É a verdadeira pizza napolitana. A única pizzaria de Brasília que tem o selo da Associazione Verace Pizza Napoletana, da Itália”.

Programa a dois no final de semana.

“Gosto muito de ir ao parque da cidade caminhar, ir ao CCBB e ao espaço da Caixa Cultural”, conta.

Passando um tempo com a família.

Seja com a família ou com amigos, os lugares que ela mais curte ir para ficar com pessoas que gosta são o Quiosque da Rosa, no Cruzeiro; o Chicago Prime; e o Beirute.

Jogando a dieta para o alto.

Comida regional, rabada e galinhada e sarapetel.

O que fazer para ficar De Bacon Tudo?

Comer, comer e comer!

Seguindo a Sugestão

Campos Comida Nordestina

Decidimos seguir a dica mais “arriscada” da Mara, que foi conhecer o Restaurante do Campos, especializado em comida nordestina, que fica no Mercado do Núcleo Bandeirante. Nenhum de nós dois somos nordestinos. Eu sou daqui de Brasília e o Felipe é mineiro. Sendo assim, a comida típica nordestina foi uma aventura para gente.

Quando olhamos o cardápio encontramos várias “novidades” para a gente. Jabá, sarapatel, rabada, cabrito, buchada e por aí vai. Depois de uma rápida conversa com a simpática garçonete para entender o que era cada um dos pratos, optamos pelo jabá e o cabrito (meia porção de cada). Rapidamente a comida foi servida (e bem servida) em típicas travessas de metal em cima de uma mesa de boteco. Eu gostei mais do cabrito, que me surpreendeu. O Felipe gostou mais do Jabá (que basicamente é carne charque). O arroz e o feijão (que é cozido com o Jabá) são deliciososss, super bem temperados. Dá vontade de comer uma pratada. Outra coisa que adoramos foi o pirão de rabada, que até tivemos que pedir “mais um tiquim”. Tudo isso saiu por R$70 e serviram nós dois e a minha mamis.

Então, se você quer ter a experiência de um restaurante típico nordestino raíz (lá não tem nada nutella), o Restaurante do Campos é a pedida certa com certeza.

Varanda Pães Artesanais

Outra dica da Mara que resolvemos experimentar foi o Varanda Pães Artesanais. E ela estava super certa. Os pães lá são feitos com bastante cuidado e atenção. O croissant superou todas as nossas expectativas e é um dos melhores, se não o melhor, que já experimentamos (ainda estamos meio dívidos).

Além disso comemos um Tartine (R$ 16) (um sanduíche aberto chique), com ovo estrelado, queijo canastra e presunto, que estamo demais também.

Por tudo isso tivemos que acrescentá-lo no post dos melhores croissants de Brasília. Se você ainda não leu, clica aqui.


E aí, gostou? Quem você gostaria de ver aqui no De Bem Com BsB? Em breve, muito mais dicas legais para vocês!

Continue nos acompanhando! Inscreva-se aqui no site e siga a gente no Facebook e no Instagram. ;)