Brasília

De Bem Com Bsb: Dudu Camargo

A gastronomia tem crescido muito em Brasília. A capital já é considerada o terceiro polo gastronômico do Brasil. Além disso, a cidade ainda oferece diversos programas legais. A gente sempre quer saber qual o melhor restaurante para ir com a galera, uma sugestão diferente para um jantar a dois ou o melhor programa para um sábado de manhã.

Sempre tentamos dar dicas interessantes, mas por que se limitar somente as nossas opiniões, né?! Sendo assim, reservamos um pedacinho do nosso blog para divulgar os lugares e programas favoritos de pessoas legais da nossa cidade. Esperamos que você aproveite muito o De Bem Com Bsb.

#Chef Dudu Camargo

Para começar, entrevistamos o chef Dudu Camargo. O paulista, de 45 anos, que já soma 22 anos em Brasília, destaca as pessoas e o céu azul (paixão regional) como a parte que mais gosta desse quadradinho. “As pessoas de Brasília vieram de todos os estados do Brasil, todo mundo chegou aberto a fazer amizades, a formar novas famílias”.

Dudu, como você já deve saber, dá nome e comanda a gastronomia dos restaurantes Dudu Bar (Asa Sul), Dudu Bar Lago (Lago Sul). Além deles, também está à frente do Simples Assim (Águas Claras) e das pizzarias Fratello Uno (Asa Sul e Norte) e Stravaganze (no Rio de Janeiro). Ele conta que virar chef não foi bem uma escolha. “Eu nunca estudei gastronomia, a profissão foi pelo dom que Deus me deu. Eu comecei a cozinhar com 10, 12 anos, por curtição, por gostar mesmo. Tanto que eu não me considero chef, eu sou cozinheiro”.

Me identifiquei, mas que eu queria ser chef sem querer também - Felipe

As indicações

O que fazer para ficar De Bacon Tudo?

Levar a vida Simples Assim. Tirar proveito de tudo, olhar o lado bom e não ruim, pois sempre tem um lado bom.

Onde ir para…

Café da Manhã

O Daniel Briand, pela qualidade do que é servido, e o Jardim Botânico, em função do espaço, do clima de piquenique.

DicaDeBaconTudo: A gente também ama o Daniel Briand, e está entre as nossas dicas de brunch

Almoço

Indico a Quituart, o Bsb Gril e o Otro Parilla. Mas eu como pouco fora de casa, vou mais quando o restaurante abre. Quando eu posso, faço na minha casa, almoço com os meus amigos e com a minha família.

Cafeteria

Não tenho costume de ir.

Happy Hour

O Dudu Bar, em função da variedade de aperitivos, pratos, carta de drinques maravilhosa. Também temos uma grande carta de vinhos e é um local agradável, o pessoal gosta de ficar na varanda.

Jantar Romântico

No pergolado da minha casa! Hahah


Está gostando e quer continuar por dentro? Curta a nossa página!

Programinhas em BSB

O que fazer em um sábado de manhã?

Eu gosto de jogar tênis em casa, com um grupo de amigos.

Aproveitando um dia de semana à noite.

Comer um sushi na lancha, feito na hora, que eu mesmo faço.

Programa a dois no final de semana.

Tomar banho de cachoeira em Pirenópolis. Não é Brasília, mas é um programa típico de quem mora aqui.

Passando um tempo com a família.

Passear nos pontos turísticos da cidade, quando vem uma família de fora. Nós estamos acostumados a olhar o Congresso, mas todo mundo que vem para Brasília quer conhecer esses pontos turísticos, olhar a arquitetura.

Jogando a dieta para o alto.

Comer macarrão com salsicha às 4h30 da manhã! É uma receita que eu fiz para os meus filhos e está no meu canal do YouTube:

Seguindo a Sugestão

O convidado indica e a gente experimenta. Vamos sempre escolher um dos lugares ou programas sugeridos pelo convidado para conhecer e contar para vocês como foi.

Nessa edição, escolhemos experimentar o Happy Hour do Dudu Bar. (por motivos óbvios né) Fomos no do Lago Sul, já que ainda não conheciamos. A casa é linda e super bem decorada, como já é esperado nos restaurante do Dudu Camargo.

Depois de sermos bem recebidos, começamos a olhar os petiscos no cardápio (já que a ideia era Happy Hour). Começamos pelo Maya Bay (R$ 59,90): camarões refogados com cogumelos, molho oriental, pimenta dedo-de-moça e lascas de manga. Ou seja, tudo de bom! Camarão delicioso e a manga dá um frescor agridoce perfeito no prato.

Na sequência, a gente pediu o Pato no Pomar (R$ 46,50): pastel de pato na massa de wantan com molho de maracujá e pimenta dedo-de-moça. Outra delícia! A massa de wantan lembra a massa de rolinho primavera (esperamos não estar falando besteira), mas bem fininha e crocante… hummm e o recheio de pato estava muito saboroso. Para completar nosso Happy Hour, um bom drink. Fomos de Martini Pavarotti (R$ 29,90): Gin, Limoncello, gotas de limão e vermouth.

Então, o que podemos dizer? A indicação do Dudu Camargo foi excelente e nos proporcionou uma experiência maravilhosa.

Esperamos que vocês tenham gostado e que voltem para ler outras dicas legais.

Para acompanhar, inscreva-se aqui no site e siga a gente no Facebook e no Instagram.